segunda-feira, 26 de maio de 2014

Assisense 0x1 VOCEM: Nada como um dia após o outro

Esquadrão da Fé supera adversidades no Tonicão e, mesmo com um homem a menos, assegura vitória no derby local a um gol do predestinado Johnny Dias
Vocemistas vibram com o gol de Johnny Dias
Em uma manhã cinzenta, o VOCEM finalmente reencontrou seu maior rival no Grupo 1 desse Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Depois de sofrer uma derrota inesperada no 1º turno, o torcedor bordô e branco manteve a fé em sua equipe, encarando a chuva desse domingo para jogar junto com o time nas arquibancadas do Tonicão. E os guerreiros do clube mariano não decepcionaram. Mesmo enfrentando uma arbitragem adversa, que demonstrou falta de critério ao longo dos 90 minutos, o Esquadrão da Fé soube se impor dentro de campo, fazendo valer o peso de sua camisa no clássico municipal.

Destaque para o sistema defensivo, que contou com mais uma atuação inspirada do goleiro Altenir, e também para o oportunismo do ataque. Autor do único gol da partida, Johnny Dias saiu de campo como herói mesmo após um rigoroso cartão vermelho aos 25 minutos da etapa complementar. O triunfo muda pouca coisa para os vocemistas, que se mantêm na vice-liderança de sua chave com 13 pontos, mas deixa o Assisense em situação bastante delicada na luta pela classificação. Realidade que apenas reforça a superioridade do Vila Operária Clube Esporte Mariano no futebol profissional de sua cidade.

O jogo:

Lucas Santos leva a melhor sobre o adversário
O resultado do derby local começou a ser construído já no início da semana. Treinando nos estádios Dr. Adhemar de Barros e Marcelino de Souza (que no passado abrigavam as partidas da equipe), o VOCEM retornou à suas origens e encontrou a inspiração que precisava para voltar a vencer diante de sua torcida. Isolando os atletas da pressão externa, a comissão técnica também amenizou desfalques importantes como os laterais Ivan e Celsinho (ambos lesionados), além do volante Thiaguinho (suspenso pelo 3º cartão amarelo).

A solução foi improvisar mais uma vez, com Lucas Santos e Thiago Amaral escalados pelas alas. No meio-campo Severo reapareceu entre os onze iniciais, enquanto o experiente Tatíco finalmente fez sua estréia com a camisa 10. Reserva frente ao Bandeirante de Birigui, Marcelinho Barbosa também ganhou sua primeira chance no time titular. A postura diferenciada ficou clara já na entrada em campo. Unidos, os guerreiros vocemistas mantiveram-se abraçados durante todo o protocolo formal, organizando a tradicional roda de oração antes do apito inicial.

Nem mesmo a chuva que insistia em castigar os torcedores foi capaz de esfriar a temperatura. E com a bola rolando o clima não demorou para esquentar. Precisando da vitória para se manter na briga, o Assisense tentou tomar a iniciativa através das bolas alçadas na área. Contudo, logo constatou que teria dificuldades para superar o goleiro Altenir, um dos destaques do VOCEM nas últimas partidas.

Por outro lado, a resposta do Esquadrão da Fé foi gradativa. Inicialmente o capitão Tiago Soller inaugurou os trabalhos arriscando de longa distância. Posteriormente foi a vez de Gabriel ficar cara a cara com o arqueiro Augusto, sendo travado pelo marcador no momento da conclusão. Em cobrança de escanteio o mesmo Gabriel quase empurrou para a meta vazia depois que o guarda-reses adversário bateu roupa no lance. A arbitragem porém já anulava a jogada.

Tatíco estreou com vitória no derby
Embora contasse com maior posse de bola, o Falcão do Vale não conseguia ser efetivo. As melhores oportunidades continuavam sendo criadas através das bolas paradas.

No entanto, o ataque do time azul era pouco eficiente. A melhor chance foi uma cabeçada de Dú Gaia que explodiu no travessão. Entretanto, na maior parte das ações Altenir mostrou-se absoluto embaixo dos três paus.

Na volta do intervalo a primeira chance foi bordô e branca, mas no cruzamento pela esquerda Gabriel não conseguiu levar a melhor sobre os zagueiros. O Assisense logo ganhou corpo e passou a incomodar pelo lado direito do ataque com o perigoso Nei Bala. Em jogada pela linha e fundo ele entregou na medida para o estreante Laércio, que terminou cabeceando para fora uma das melhores oportunidades de sua equipe.

Sentindo a necessidade de mudanças, o técnico Itamar Sorriso resolveu promover duas alterações de uma só vez, sacando Marcelinho Barbosa e Gabriel para as entradas de Johnny Dias e Marcão. Com fôlego renovado na frente o Esquadrão da Fé passou a ousar um pouco mais. Primeiro com Marcão, que arriscou sem sucesso um chute de longa distância. Aos 19 minutos foi a vez e Johnny receber na altura da meia-lua e, de frente para o gol, acertar um tiro rasteiro no canto do arqueiro Augusto.

Um tento que levou a massa bordô e branca a loucura nas arquibancadas e custou ao atleta um injusto cartão após comemoração emocionada junto aos torcedores no alambrado. Pouco tempo depois o juiz Douglas Marques das Flores foi ainda mais incoerente ao conceder o segundo amarelo para o camisa 17 devido a uma troca de empurrões com o meia Leandro Queixada (que também já estava pendurado, mas escapou impune da jogada).  

Esquadrão da Fé comemorou o triunfo com a torcida
A falta de critérios da arbitragem revoltou os vocemistas, favorecendo o Assisense em diversos lances na sequência do confronto. Contudo, Altenir seguiu operando verdadeiros milagres, como em uma cabeçada a queima roupa de Laércio. Quando não conseguiu chegar a tempo o goleiro mariano também contou com a sorte, fato constatado em mais uma bola no travessão, dessa vez de Leandro.

Para sanar as dificuldades pelo alto, Itamar investiu na entrada de mais um zagueiro, trocando o incansável Severo por Célito. A alteração trouxe mais segurança ao sistema defensivo e nos contragolpes o VOCEM quase liquidou de vez a fatura. Na melhor oportunidade Marcão deixou Tatíco na cara do gol, mas o meia acabou travado pelo goleiro no momento do chute.

Mostrando personalidade, o Esquadrão da Fé soube manter a calma nos momentos finais e apenas administrou o desespero rival. Em sintonia com o time, a massa bordô e branca gritou até o último minuto, explodindo em êxtase após o encerramento do confronto. De alma lavada, torcedores e jogadores se confundiam na vibração compartilhada pelos alambrados do Tonicão. E a tradição vocemista terminou prevalecendo mais uma vez diante do ímpeto inimigo!

Ficha Técnica:

Assisense 0x1 VOCEM

Local: Antônio Viana Silva "Tonicão" (Assis); Público: 397 pagantes; Renda: R$ 3.945,00; Arbitragem: Douglas Marques das Flores (Árbitro), Leandro Matos Feitosa (Assistente 1), Bruno Bonani Munhoz (Assistente 2), Alex Junior de Jesus (Quarto Árbitro); Gol: Johnny Dias aos 19 do 2º tempo; Cartões Amarelos: Rodolfo e Leandro Queixada (Assisense); Rafael Santos, Johnny Dias e Thiago Amaral (VOCEM); Cartão Vermelho: Johnny Dias (VOCEM).
VOCEM: Altenir; Lucas Santos, Bruno, Rafael Santos, Thiago Amaral; Tiago Soller, Severo (Célito), Diego Volpini; Marcelinho Barbosa (Johnny Dias), Tatíco; Gabriel (Marcão). Técnico: Itamar Bernardes.
Assisense: Augusto; Felipe, Fabão, Gago, Rodolfo; Rafael Rozalen, Leandro Queixada, Dú Gaia (Rafael Estevam); Nei Bala, João Olavo (Elvis); Laércio (Guilherme). Técnico: Pedro Francisco Garcia "Tupãzinho".

Assista aos melhores momentos da partida:


Próximo confronto:

Invicto há três partidas, o VOCEM encerra sua participação em casa nessa Primeira Fase durante a próxima rodada, quando recebe no Tonicão o líder Grêmio Prudente. Uma vitória no duelo agendado para às 10 horas do próximo domingo (01/06) deixaria o Esquadrão da Fé a dois pontos do rival prudentino (16 a 18), ainda em condições de brigar pelo 1º lugar da chave em sua última partida. No dia 08 de junho o Esquadrão da Fé joga fora de casa contra o Osvaldo Cruz, enquanto o Grêmio terá pela frente o Bandeirante no Prudentão.  

Fotos: Ivan Mello
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: