domingo, 18 de maio de 2014

VOCEM 0x0 Bandeirante: Nem tão simples, nem tão complicado!

VOCEM sente desfalques e não consegue vencer o Bandeirante; Primeiro empate no estadual garante a manutenção da vice-liderança no Grupo 1
VOCEM não conseguiu vencer o Bandeirante
O torcedor bordô e branco foi ao Tonicão neste domingo esperando uma grande atuação. Depois de conquistar uma goleada na rodada anterior fora de casa diante do PPFC, o clube mariano tinha mais uma chance de emplacar jogando dentro de seus domínios (onde venceu apenas uma vez neste estadual). Mas na primeira partida do treinador Itamar Bernardes em Assis, o Esquadrão da Fé acabou sentindo demais os desfalques, ficando no 0x0 com o competente Bandeirante de Birigui.

O primeiro empate no torneio frustrou as expectativas vocemistas, mas ao menos manteve a equipe no 2º lugar de sua chave, em condições favoráveis de brigar pela classificação à próxima fase. O desafio agora será fazer a lição de casa nos próximos compromissos, quando o time volta a jogar no Tonicão diante do rival Assisense e do líder Grêmio Prudente.

O jogo

Com problemas para armar sua defesa, Itamarzão Sorriso não pôde repetir a mesma escalação utilizada em Presidente Prudente. Sem os laterais Ivan (suspenso) e Celsinho (lesionado), ele foi obrigado a improvisar o volante Thiaguinho pela direita e o armador Thiago Amaral no lado oposto. Mesmo assim o técnico mostrou personalidade ao investir em uma formação com três atacantes, apostando em Almir, Gabriel e Marcão em sua linha de frente.

Embora jogasse em casa, o VOCEM enfrentou dificuldades nos primeiros minutos da partida. Adiantando sua marcação, a equipe de Birigui pressionava a saída de bola do Esquadrão da Fé, que por sua vez insistia sem sucesso nas jogadas aéreas. Os constantes passes errados também favoreciam a estratégia do Bandeirante, que incomodava principalmente nas escapadas pelos flancos do campo.

Marcelinho Dias é marcado de perto pelo adversário
Tentando se desvencilhar dessa situação, o clube mariano se pautava pela versatilidade de sua proposta. O "predador" Tiago Soller recuava para se tornar uma espécie de terceiro zagueiro e Almir se movimentava por todo o campo buscando o jogo. Thiaguinho e Thiago Amaral jogavam ora como alas, ora como meio-campistas, enquanto Gabriel tentava abrir espaços para Marcão fazer o papel de pivô. A primeira boa chance surgiu em uma jogada nesse sentido, mas Marcelinho Dias não foi feliz na conclusão.

Pouco tempo depois foi a vez do Bandeirante assustar em contragolpe perigoso desperdiçado por Paulo Henrique. O Leão da Noroeste teve outra oportunidade clara na sequência, mas Altenir salvou a pátria vocemista em um tiro a queima roupa. Com o meia Rafael inspirado na armação, o BEC seguiu pressionando: primeiro Edgar tirou tinta da trave em um petardo de longa distância e depois foi a vez de Paulo Henrique criar ao menos mais duas chances pelo lado direito.

A resposta bordô e branca viria com Gabriel, que se mostrava o jogador mais ativo no sistema ofensivo. Porém, em jogada de Almir pela linha de fundo, ele acabou errando o alvo no momento da conclusão. Embora continuasse sendo ameaçado pelo contragolpe adversário, foi o VOCEM quem tomou a iniciativa na reta final do 1º tempo. Mas a maioria dos lances se resumiam a tentativas frustradas de alçar a bola na área. O último lance antes do intervalo foi um chute rasteiro de Marcelinho Dias que acabou saindo pela linha de fundo. Pouco para quem lutava pelos três pontos!

Buscando a vitória no Tonicão, o técnico Itamar Sorriso promoveu duas alterações nos vestiários, sacando Almir e Gabriel para as entradas de Marcelinho Barbosa (que fez sua estréia com a camisa vocemista) e Johnny Dias. Inicialmente o roteiro parecia o mesmo dos primeiros 45 minutos, com o Bandeirante recomeçando melhor, mas rapidamente as substituições surtiram efeito.

Soller bate de frente com um oponente
A mudança deu maior movimentação ao ataque, que animou o torcedor bordô e branco com investidas em velocidade. Caindo pelos dois lados do campo, Johnny fez jus ao apelido "ligeirinho", criando pelo menos três boas chances de marcar o seu primeiro tento pelo Esquadrão da Fé. Marcelinho Barbosa também encaixou bons dribles, se destacando ainda pelos passes em profundidade.

Contudo, nem assim o VOCEM conseguiu estufar as redes. E de tanto desperdiçar oportunidades quase terminou punido pelo contragolpe mortal do BEC. Em mais uma chance cara a cara com Altenir, o atacante  Paulo Henrique voltou a esbarrar no camisa 1, que também defendeu uma bomba de Edgar e se consagrou como grande nome da partida. Titular nos dois primeiros jogos da Segundona, "El Magro" só foi vazado na estréia diante do PPFC, acumulando quase 300 minutos sem ser batido desde o seu retorno aos onze iniciais.

Para dar mais fôlego a marcação, Itamar também trocou Marcelinho Dias por Lucas Santos. Mas o grande problema do time continuava sendo a falta de criação. Com muitas bolas rifadas Marcão ficava limitado na grande área, se sacrificando ao tentar buscar as jogadas. Entretanto, assim como na etapa inicial, o Esquadrão da Fé teve em seus pés a última chance de gol antes do apito do árbitro: em chute frontal, Johnny bateu consciente no canto esquerdo e errou o alvo por muito pouco.

O lance levou o torcedor ao desespero, mas o resultado final manteve o VOCEM vivo na briga pela classificação. Após o término da 7ª rodada, o Grupo 1 tem o Grêmio Prudente na liderança com 15 pontos, enquanto o clube mariano ocupa o 2º lugar com os mesmos 10 de Osvaldo Cruz e Bandeirante (que, no entanto, levam desvantagem nos critérios de desempate). Fora da zona de classificação o Assisense soma 7 pontos, enquanto o Presidente Prudente é o lanterna com 6.

Ficha Técnica:

VOCEM 0x0 Bandeirante

Local: Antônio Viana Silva "Tonicão" (Assis); Público: 652 pagantes; Renda: R$ 6.847,50; Arbitragem: Edson Alves da Silva (Árbitro), Danilo Ricardo Simon Manis (Assistente 1), Rodrigo Crosara (Assistente 2), Rodrigo Santos (Quarto Árbitro); Cartões Amarelos: Thiaguinho (VOCEM); Fernando, Lucas Paulista e Rafael (Bandeirante).
VOCEM: Altenir; Thiaguinho, Bruno, Rafael Santos, Thiago Amaral; Tiago Soller, Diego Volpini, Marcelinho Dias (Lucas Santos); Almir (Marcelinho Barbosa), Gabriel (Johnny Dias) e Marcão. Técnico: Itamar Bernardes.
Bandeirante: Daniel; Diogo, Lucas Matheus, Alemão, Lucas Paulista; Fernando, Weferson, Rafael (Charles); Gélson, Paulo Henrique (Luis Pereira) e Edgard (William Carlos). Técnico: Benedito de Souza Miranda "Souzinha".

Assista aos melhores momentos da partida:


Próximo confronto:

Após o empate sem gols contra o Bandeirante, o VOCEM faz mais duas partidas consecutivas no Tonicão. O próximo desafio será o derby local, no domingo (25/05) às 10h00, diante do Assisense. Embora tenha tropeçado diante do adversário no primeiro turno, o Esquadrão da Fé vive hoje melhor momento na tabela de classificação, com três pontos de vantagem em relação aos seus rivais. No domingo seguinte (01/06) o time volta a atuar em Assis, em um confronto direto com o líder Grêmio Prudente.

Fotos: Mauro Lima
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: