domingo, 23 de abril de 2017

Assisense 0x1 VOCEM: "CPF na nota!"

(Foto: Mauro Lima)
Em duelo válido pela 3ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o VOCEM manteve 100% de aproveitamento no Grupo 1 ao vencer o derby local contra o Assisense por 1x0 no Tonicão. O gol do triunfo mariano foi marcado pelo meia-atacante Dieguinho, em sua reestréia com a camisa bordô e branca, aos 38 minutos da etapa complementar.

Com este resultado o Esquadrão da Fé abriu cinco pontos na liderança de sua chave em relação ao José Bonifácio, que ocupa o 2º lugar com quatro. De quebra o time amplia sua vantagem no retrospecto histórico do clássico municipal e não pode mais ser alcançados pelos rivais nessa temporada: agora, em 7 partidas são 4 vitórias vocemistas, 1 empate e 2 derrotas, com 7 gols marcados e 4 sofridos.

O jogo:

O domingo de futebol serviu para alegrar um pouco mais o abandonado Tonicão. A festa das torcidas coloriu as arquibancadas desbotadas do estádio, com o tom bordô e branco prevalecendo do lado visitante. Contando com reforços importantes também dentro de campo, o técnico Paulo César Santos aproveitou o embalo para promover as estréias do goleiro Neto, do volante Raul Silva e dos atacantes Dieguinho e Alessandro.

(Foto: Mauro Lima)
As alterações deram uma cara nova ao Esquadrão da Fé, mas logo nos primeiros minutos ficou claro que as mudanças também refletiriam no entrosamento da equipe. Bem postado defensivamente. o VOCEM soube suportar o nervosismo inicial que costuma caracterizar o derby municipal, buscando alternativas para superar o jogo truncado proposto pelo adversário. Fiel a filosofia imposta por PC Santos desde o ano passado, o clube mariano abdicava dos chutões e priorizava a posse de bola, preferindo recomeçar as jogadas em diversas ocasiões diante da marcação do Assisense. 

Nesse verdadeiro "duelo de xadrez" poucas oportunidades foram criadas. O momento mais tenso para os vocemistas ocorreu quando o zagueiro Alan se complicou após um lindo drible, perdendo a bola para um atacante rival em lance perigoso. Por sua vez, o Esquadrão da Fé dependia muito do tridente ofensivo composto por Marlos, Dieguinho e Alessandro, que ensaiou tabelas e dribles, mas encontrou dificuldades para se impor fisicamente, recorrendo seguidas vezes aos lances individuais.

Esse quadro começou a mudar aos 32 minutos do 1º tempo, quando o goleiro Matheus Santos levou a pior em uma dividida e precisou ser encaminhado de ambulância para o hospital, deixando a partida paralisada por 25 minutos. Sem substituto no banco de reservas, o Assisense teve de improvisar um jogador de linha na posição, mandando Lucas Coelho para fogueira. Com as equipes frias após a longa parada, o arqueiro foi pouco testado, conseguindo se safar antes da parada para o intervalo.

(Foto: Mauro Lima)
Na volta dos vestiários PC Santos surpreendeu ao sacar o volante Higor, um dos mais lúcidos no setor de meio-campo, escalando Salmo, outro estreante, entre os titulares. Mesmo comandando as ações o VOCEM seguia com problemas para atacar, sofrendo até para arriscar em chutes de longa distância. Tentando surpreender, o Falcão do Vale passou então a investir em faltas alçadas à área, esbarrando na atuação segura do goleiro Neto.

Para modificar esse panorama, a comissão técnica mariana apostou mais uma vez na entrada de Hugo Leonardo na vaga de Luciano (alteração recorrente nesse estadual), buscando uma saída em velocidade pela ala esquerda. Com o atacante Matheus Gomes no lugar do volante Raul Silva o time também ganhou uma referência na frente, se impondo com maior volume na grande área.

A recompensa veio aos 38 minutos do 2º tempo, quando a defesa do Assisense não conseguiu cortar o cruzamento e Dieguinho surgiu para dar uma caneta no marcador antes de anotar o gol do vitória. A explosão na comemoração junto a massa bordô e branca no alambrado rendeu ao atleta um cartão amarelo, além de um belo tombo, mas traduziu perfeitamente a sintonia entre os jogadores e a torcida. Uma imagem que entra para a história do clássico!

(Foto: Mauro Lima)
Posteriormente, o próprio Dieguinho acabaria expulso pela arbitragem após uma falta, deixando o Esquadrão da Fé com apenas 10 homens em campo. Nem por isso a vitória mariana esteve em risco. Mostrando a mesma raça, garra e fibra que vem caracterizando a equipe até aqui, o VOCEM administrou o placar até o apito final para comemorar mais um triunfo sobre o arquirrival.

Para os adeptos mais fanáticos foi também uma resposta ao atacante Caio Carinhanha, que havia feito diversas provocações aos vocemistas durante a semana. Em meio a massa mariana era possível identificar algumas faixas direcionadas ao atleta adversário, que se dedicou a discutir com os torcedores durante boa parte do jogo, mas passou os 90 minutos sem ver a cor da bola.

Com 9 pontos na tabela, o Esquadrão da Fé se mantém na liderança isolada do Grupo 1 seguido por José Bonifácio (4), Presidente Prudente (3), América e Osvaldo Cruz (ambos com 2), além de Grêmio Prudente e Assisense (que dividem a lanterna com apenas 1). No próximo domingo (30/04), às 10 horas, o clube bordô e branco volta a jogar no Tonicão, dessa vez diante do vice-líder José Bonifácio.

- Clique aqui e confira a súmula da partida
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: